terça-feira, 27 de março de 2012

Um sopro de vida



Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida.Cada mudança, cada projeto novo causa espanto:meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue.

Clarice Lispector

segunda-feira, 26 de março de 2012



Um milhão vezes zero é zero. Ou seja: não coloque sua intensidade onde não tem nada

Tati Bernardi

segunda-feira, 19 de março de 2012

Anafilaxia


Morre. Morre desse jeito, com a cabeça encostada em meu peito. Renasça; segundos depois. Brota como um bonsai bem fertilizado e me dá aquele sorriso que você não sabe repetir nas fotografias. Dorme comigo essa noite, esquentando meu corpo nessa cama tão pequena que inventamos haver espaço para dois. Morre comigo essa noite que amanhã o dia é lindo. Amanhã - quando a sombra do filtro dos sonhos pendurado na janela produzir um mosaico em seu rosto - vou rezar para que você tenha sobrevivido. Por Deus, que eu não tenha te sufocado demais, que eu não tenha apertado demais entre os dedos esse coração que temo tanto perder, que eu não tenha roubado teu brilho por puro egoísmo em desejá-lo só para mim. Por favor, abra os olhos, desliza teu corpo em meu corpo. Morra mil vezes por dia só para me encontrar. Morra. Comigo. Outra vez. Acorde como num choque elétrico em que seu coração desiste, mas é loucamente forçado a pulsar, porque simplesmente ainda não é a hora de ir embora.

Bruna Berri

terça-feira, 6 de março de 2012




"Você poderia me dizer, por favor, qual caminho eu devo seguir?"

"Isto depende muito de onde você deseja chegar - disse o gato."
"Não me importa muito onde..., - disse Alice."
"Então não importa o caminho que você tomar."


Lewis Carroll